Irmandade Ômega

Cyberpunk 2077 foi oferecido a vários estúdios antes da CD Projekt RED


Cyberpunk 2077 é um dos games mais antecipados do início de 2020, mas nem sempre existiu esse interesse por parte da indústria. De acordo com o criador do RPG, a ideia de um jogo baseado no livro passou na mão de vários estúdios por anos e sempre foi descartada, até chegar na CD Projekt RED.

Em entrevista ao site Videogames Chronicle, Mike Pondsmith, criador de Cyberpunk 2020, livro de RPG que deu origem ao game, revelou que durante anos, a ideia de criar um jogo de videogame baseado em seu universo surgiu várias vezes, mas nunca foi para frente porque estúdios e desenvolvedores que tiveram o material em mãos simplesmente não viram qualquer potencial nele. Isso mudou quando o pessoal da CD Projekt RED entrou em cena.

(Fonte:CD Projekt RED/Divulgação)

“Esse foi o grande motivo para termos escolhido eles. O jogo foi oferecido por muitos anos a diferentes estúdios. Só que o que eu vi na CD Projekt era que eles realmente se importavam com a propriedade e o que era importante para nós, era importante para eles. Ali eu vi que o jogo estaria em boas mãos”, disse Pondsmith.

O criador de Cyberpunk 2020 também revelou que o pessoal do estúdio polonês era fã do jogo de RPG. “Muitos deles cresceram jogando o sistema. Então era como os caras que assistiram Star Wars quando crianças e agora tem a chance de fazer um jogo do Star Wars: eles vão tentar fazer o melhor trabalho possível”, comentou Pondsmith.

Saberemos se toda essa paixão e dedicação darão certo quando Cyberpunk 2077 chegar ao PC, Xbox One e PlayStation 4, no dia 16 de abril de 2020.



Fonte da notícia

Comentários

comentários