Review Secret of Mana

Em Geral

Secret of Mana HD Remaster é a nova versão do clássico RPG de ação lançado para o Super NES em 1993. Publicado pela Square Enix e disponível para PS4, PS Vita e PC (via Steam), o remake traz gráficos repaginados e mantém a experiência do original, embora cometa sua dose de deslizes. Confira as impressões do TechTudo:

Secret of Mana vai ganhar um remake em 3D no PS4 e PS Vita

Mudanças questionáveis

Anunciado durante a Gamescom 2017, uma das maiores feiras de videogame do mundo, o remake de Secret of Mana é, desde o início, um projeto pensado para agradar aos fãs de longa data e atrair jogadores novatos com um gameplay mais acessível. 

Secret of Mana: confira a análise da nova versão do clássico RPG (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Não se engane: a versão 2018 de Secret of Mana está mais para uma recriação do que uma mera remasterização com pequeno ajustes gráficos. O que temos aqui é um jogo completamente atualizado, com personagens redesenhados que ganharam nova vida graças à estética cartunesca.

Se, por um lado, as mudanças visuais foram projetadas para atrair novatos, por outro, algumas pessoas podem torcer o nariz pela simplicidade da nova abordagem – especialmente no que diz respeito aos cenários e criaturas do mundo.

Os cenários coloridos, por exemplo, ainda que estejam bem representados, trazem pouca variedade e deixam game com cara de “jogo de celular”. Isso fica mais evidente pela estrutura do game, já que muitas áreas estão completamente vazias e monótonas. Nesse quesito, Secret of Mana não tem vantagem em ter o fator nostalgia a seu favor. 

Secret of Mana (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Secret of Mana traz gráficos coloridos e personagens cartunescos (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

O remake utiliza a clássica perspectiva de visão aérea, com a câmera posicionada acima dos personagens. É possível arrastar as bordas da tela manualmente para ter uma visão mais ampla do ambiente, o que é bastante útil para momentos de exploração. 

O brilho da era noventista, mas com ressalvas

Antes de tudo, é importante ressaltar que não há legendas em português, então o melhor a fazer é jogar com textos em inglês. A história continua sendo o ponto mais alto de Secret of Mana e, novamente, coloca o jogador no controle de três adoráveis personagens: Randi, Primm e Popoi – é possível jogar em modo cooperativo local para até três usuários.

O objetivo do grupo é lutar contra um império traidor ao mesmo tempo em que tenta recuperar o poder da Mana para restaurar a paz. O grande problema é que, embora os gráficos estejam atualizados, as animações ficaram presas ao passado. Em vez de despertar o sentimento de nostalgia, a falta de capricho passa a impressão de que o remake foi feito às pressas.

Secret of Mana (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Secret of Mana: animações não acompanham as mudanças gráficas (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

A jogabilidade à la Zelda foi aprimorada e permite desferir ataques de qualquer ângulo. Os inimigos também demonstram mais inteligência, uma vez que agora eles têm a opção de atacar a partir de qualquer ponto do cenário.

Ainda que a movimentação esteja mais fluida, parece haver algum problema técnico relacionado ao impacto dos golpes. Isso porque há momentos em que o personagem simplesmente não acerta o ataque, mesmo posicionado a uma distância razoável do oponente.

Além disso, a interface dos menus ficou bem aquém do esperado, com abas confusas e muito mal posicionadas. Há, no entanto, uma opção de mapear os itens essenciais nos botões do joystick ou teclado, o que facilita muito a organização na hora de combates mais exigentes. 

Secret of Mana (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Secret of Mana: menus confusos tiram a beleza do remake (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Conclusão

O remake de Secret of Mana mantém a essência da pérola dos RPGs de ação dos anos 90, mas comete muitos deslizes ao tentar mexer em time que está ganhando. Menus engessados, sistema de combate com problemas técnicos e animações presas ao passado impedem o relançamento de ser a experiência definitiva, apesar de que possa valer para quem nunca experimentou o jogo original.

Quais os melhores MMORPGs para navegador? Opine no Fórum TechTudo!

 


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes