Review Scribblenauts Showdown

Em Geral

A série Scribblenauts nasceu com uma proposta de ser um jogo rápido e portátil, com a possibilidade de criar objetos a partir de palavras escritas em uma tela sensível ao toque, na época do Nintendo DS. A saga cresceu e hoje temos Scribblenauts Showdown, que foi lançado no PS4, Xbox One e Switch. Desta vez a produtora resolveu deixar de lado qualquer pretensão de ser um game voltado para contar uma história, mas sim apenas para divertir. Será que deu certo? Acompanhe a análise.

Como fazer download do jogo Scribblenauts Unlimited

Sem história mesmo

Bem, não há muito o que falar sobre o enredo de Scribblenauts Showdown, pois ele simplesmente não existe. O que temos aqui é uma premissa: o jogo é composto pela ideia de que você pode criar qualquer objeto a partir de palavras. A caixa do game alega que são mais de 30 mil palavras disponíveis, o que é muita coisa – dificilmente você vai descobrir todas ou esgotar as opções.

Veja a análise de Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Os personagens, que são os chamados “Scribblenauts”, são os responsáveis por conduzir os jogadores nesta jornada. Além de terem opções de personalização, é possível jogar com heróis de capítulos anteriores, o que torna a experiência mais divertida. Porém, não há nenhum conteúdo da versão lançada com personagens da DC Comics, o que deve decepcionar alguns fãs que esperavam ver mais desta porção da série.

Como funciona?

Pense em Scribblenauts Showdown como se fosse da série Mario Party. Sem querer comparar, mas já comparando, o título se preocupa apenas em divertir. Aliás, há até mesmo uma modalidade inspirada por jogo de tabuleiro, justamente como é no game da Nintendo, permitindo a participação de até quatro jogadores em uma mesma partida.

Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Scribblenauts Showdown parece um game da série Mario Party (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

A ideia de Scribblenauts Showdown é ser uma sala completa de diversão, sem compromisso, que você pode jogar por um tempo, largar e depois voltar. Ele também não tem senso de progressão, a não ser por alguns destrancáveis para personalização do boneco e objetos, mas também não há pressa para obter tudo. Ficou interessante desta forma, ainda que possa decepcionar quem esperava algo mais parecido com os anteriores.

Quais são os modos?

Scribblenauts Showdown tem três modos principais: Versus, Embate e Caixa de Areia. Cada um tem um nome bem descritivo, com exceção de Embate, que é onde fica o tal game de tabuleiro já citado. O funcionamento é bem interessante e te coloca para jogar cartas para usar ações e avançar na trilha enquanto compete em minigames contra os outros jogadores.

Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Scribblenauts Showdown tem três modos principais (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Os minigames, aliás, são a base de Scribblenauts Showdown. No geral, eles te dão um tema e você precisa criar objetos relacionados, escrevendo suas palavras com o teclado virtual – um pouco atrapalhado – a partir do seu joystick. É um pouco confuso de entender, mas funciona bem na prática, ao menos depois de algum tempo. O game também tem um bom recurso que completa sentenças, então não se preocupe em ficar perdido.

Os controles

Dentro de cada minigame, os controles variam bastante. Há até um certo tutorial antes de cada um, explicando como jogar, mas em quase todos os casos você vai se perder e também perder algumas rodadas para o computador, o que é sempre uma pena. Showdown poderia ser um pouco mais claro neste sentido, ou talvez mais direto ao ponto, para uma função tão básica.

Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Scribblenauts Showdown: tutoriais podem deixar o jogador perdido (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Porém, no modo Caixa de Areia, Scribblenauts Showdown volta um pouco às suas raízes e te deixa controlar seu personagem de maneira mais tradicional, com plataformas, pulos e a habilidade livre de criação. Neste ponto o título brilha, apesar de não te dar um objetivo muito claro. Mesmo assim, a variedade dá um ponto bacana aos modos.

Multiplayer é o ponto

Como diz a caixa, Scribblenauts Showdown é um jogo de festa. O que importa de verdade é jogar o multiplayer, principalmente se você tiver mais de um controle. O título foi feito para ser aproveitado com amigos. Jogar contra o computador é um pouco sem graça e faz você cansar logo após os primeiros minutos.

Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)O multiplayer é o ponto-chave do Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Novamente, o Caixa de Areia talvez contorne um pouco a “solidão” de jogar sozinho, mas o ideal mesmo é ter alguma companhia para aproveitar. Se não é o seu caso, talvez Scribblenauts Showdown não seja seu tipo de game. Como não há opção de multiplayer online, quem costuma jogar em casa e offline sai perdendo.

Visual simples e eficaz

Em termos de trilha sonora, Scribblenauts Showdown se dá muito bem. Ele é bem simples, não exige muito dos consoles, tem visual de desenho animado e todo seu design é muito direto ao ponto para o que quer mostrar. Sem falar que é bem amigável para qualquer tipo de público.

Scribblenauts Showdown (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Scribblenauts Showdown tem um visual simples e amigável (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

A trilha sonora acompanha este clima amigável. Apesar de as músicas serem um pouco irritantes, com sua repetitividade, os efeitos sonoros compensam. Alguns são bem engraçados, inclusive.

Conclusão

Scribblenauts Showdown é interessante para aproveitar com amigos ou família, mas uma má opção se você jogar sozinho, já que cansa rápido. Os minigames são divertidos, ainda que os controles sejam confusos. O modo “jogo de tabuleiro” se destaca entre todos os outros, mas o Caixa de Areia continua sendo a principal experiência da série. No geral, Scribblenauts Showdown faz um bom serviço em divertir, ainda que tenha optado por tirar qualquer história ou modo de missões, como era nos títulos anteriores.

É melhor comprar um PlayStation 4 ou montar um PC Gamer? Comente no Fórum do TechTudo!

 


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes