Review Moto Snap Polaroid Insta-Share

Em Geral

A Motorola criou um jeito fácil de imprimir fotos salvas no celular: o módulo Moto Snap Polaroid Insta-Share, que funciona em conjunto com os smartphones da linha Moto Z. O acessório fica acoplado na parte de trás do celular, como se fosse uma capinha com funções extras que devem agradar os amantes de fotografias – tradicional ou selfie. O módulo tem preço sugerido de R$ 999 no Brasil.

Produzindo fotos que podem se tornar adesivos, a impressora faz parte dos Moto Snaps, cuja finalidade é incrementar o celular com recursos adicionais. Afinal, como ela funciona? Como ficam as fotos no papel? Confira as respostas dessas e outras perguntas na análise abaixo.

Moto Z Power: saiba como funciona o Moto Snap da Motorola com bateria extra

Moto Snap Polaroid Insta-Share (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

Design

Vendida apenas na cor branca, a Polaroid Snap-Share Printer inclui um recorte na altura da câmera para evitar que ela seja coberta pelo acessório. O aparelho também se iguala aos demais Moto Snaps quando o assunto é conectividade, pois utiliza os ímãs presentes no smartphone para se prender. Dessa maneira, o usuário não precisa se preocupar com travas ou outros mecanismos.

A instalação é simples: basta encaixá-la na traseira do celular e esperar o reconhecimento automático.

Motorola Polaroid (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Mesmo com espessura maior, o uso do smartphone permanece confortável com o acessório acoplado (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

O material é aderente às mãos. Mesmo deixando o smartphone com uma espessura bem maior, não há efeitos negativos sobre o uso, pois o conforto é mantido. O acessório ainda conta com um bem-vindo botão na lateral para disparar a câmera. O smartphone ganha um aspecto de câmera portátil, melhorando ainda mais a experiência de uso.

Quando está conectada ao telefone, a Polaroid da Motorola recebe a mesma carga proveniente do carregador do Moto Z. Ainda assim, existe a opção de recarregá-la de forma independente, por meio de uma entrada USB-C na traseira. Além disso, há um botão que informa o nível de bateria.

Botão na lateral permite que usuário capture fotos sem precisar tocar na tela do Moto Z (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Botão na lateral permite que usuário capture fotos sem precisar tocar na tela do Moto Z (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

Como imprimir

A promessa da Motorola é de facilidade ao usar a Polaroid Insta-Share, com direito à instalação simples – ao conectar o apetrecho, automaticamente deveria baixar o aplicativo que permite controlá-lo. Na prática, percebemos que foi necessário procurar pelo software na Google Play Store. Sem ele, nada feito.

A Polaroid da Motorola permite bater uma foto e já mandá-la para impressão ou escolher uma imagem salva na galeria do telefone. Também conta com integração com serviços online: Facebook, Instagram e Google Fotos.

As fotos do Facebook ou Instagram podem ser escolhidas diretamente no aplicativo da Insta-Share. No caso do Facebook, as imagens estão separadas em álbuns, como nos perfis. O Instagram mostra as imagens em ordem cronológica inversa, como se fosse no feed.

A integração com a plataforma de fotos do Google não funcionou, ao menos nos testes conduzidos pelo TechTudo. Em nota, a Motorola Brasil reconheceu a falha e disse que trabalha em uma correção.

O interessante do aplicativo é que ele permite editar fotos antes de revelá-las. É possível colocar efeitos, bordas, emoticons, escrever texto e alterar opções como brilho e contraste. Após a edição – que é opcional –, basta pressionar um botão na mesma tela e aguardar a impressão, que leva até 25 segundos. A foto aparece instantaneamente, sem necessidade de esquentá-la para melhorar a qualidade.

Motorola Polaroid (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)A impressão leva até 25 segundos e a foto não precisa ser esquentada para melhorar a qualidade (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

E como ficam as fotos?

O papel fotográfico tem dimensões de 2 x 3 polegadas. Embora nítida, a qualidade das cores não é de surpreender, pois algumas tonalidades não ficaram fiéis às originais. Alguns tons de cores perderam vivacidade e uma foto em preto e branco ganhou estética acinzentada.

Apesar dos problemas, continuamos gostando do resultado final. Ainda há um charme a mais: a parte de trás do papel é autocolante, para transformar suas fotografias em adesivos.

O acessório vem acompanhado de um pacote com dez papéis. A troca é simples, precisando apenas retirar uma tampa para colocar suprimentos. A reposição dos papéis poderia, em tese, ser feita nas lojas físicas e online da Motorola. Na prática, porém, a marca não listou os valores cobrados no Brasil. O site da Motorola americana divulga preços que começam em US$ 9,99 (cerca de R$ 32) pelo pacote com 20 unidades.

A Polaroid fica devendo informações sobre a quantidade de papéis restantes na impressora, pois este dado não aparece nem no aplicativo oficial, nem nos ajustes do telefone. O único jeito de descobrir o número de folhas é abrindo a tampa e contando, processo bastante arcaico para o século 21.

Motorola Polaroid (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)Fotos podem se transformar em adesivos, caso retire o verso (Foto: Bruno De Blasi/TechTudo)

Vale a pena comprar a Polaroid Insta-Share (Moto Snap)?

A Polaroid Insta-Share Printer atende bem o que promete: basta instalar um app no smartphone para ver as fotos digitais se transformarem em objetos físicos, como se fosse mágica. O papel é impresso de maneira instantânea e ainda permite adição de filtros e efeitos tão populares na era do Instagram. Além disso, suas fotos podem se tornar adesivos logo em seguida.

Mesmo assim, alguns pontos precisam ser melhorados – quase todos envolvendo o software. Talvez o maior gargalo seja a falta de informação sobre a quantidade de impressões restantes para cada pacote com folhas fotográficas. A ausência do Google Fotos também pegou mal para a Motorola, visto que a oferta de armazenamento ilimitado fez com que muitos usuários dependessem da ferramenta do Google.

Compatível com os celulares Moto Z – aqueles com design modular –, a Polaroid da Motorola tem preço sugerido de R$ 999. Também é vendida em conjunto com o Moto Z2 Play por R$ 2.499. Ela também funciona com o Moto Z2 Force e tem tudo para operar com futuras gerações da linha de celulares – reza a lenda que o Moto Z3 está a caminho.

Qual é o celular mais resistente a quedas atualmente? Comente no Fórum do TechTudo.

 


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes