Raji- An Ancient Epic

Em Geral

Acima voc conferiu uma descrio completa sobre o Raji: An Ancient Epic e suas funcionalidades, saiba agora o que achamos dele

Quem já jogou Diablo certamente vai se familiarizar com Raji: An Ancient Epic. Começando pela visão isométrica — quando a câmera fica posicionada fixa na parte de cima do vídeo, permitindo que você visualize o personagem e parte do cenário ao seu redor.

O gameplay também é semelhante ao jogo da Blizzard. Primeiro, você seleciona um deus para servir — uma opção chamada “Favor of the Gods” (favor dos deuses, na tradução livre). Cada divindade concede um elemento único aos seus poderes, podendo ser fogo, gelo, relâmpago, terra ou raiva. É a partir desse recurso que você consegue criar um estilo mais pessoal de jogo, já que as habilidades são distintas entre as “subclasses”.

Outra característica de destaque são os belos gráficos. Durante os testes, percebemos que existe uma predominância de tons mais cinzas, justamente por conta da temática do game mostrando um mundo devastado pela guerra entre deuses e demônios. No entanto, as cores mais frias se misturam com elementos mais coloridos, como plantas envoltas em antigas construções destruídas pelo tempo.

A narrativa também é interessante e instiga o jogador a conhecer melhor o que levou o mundo ao estado de caos. A trama começa quando está eclodindo a “próxima grande guerra”, na qual deuses e demônios batalham entre si às custas da sobrevivência da humanidade. Os demônios querem vingança após serem derrotados pelos deuses milhares de anos atrás e planejam usar os seres humanos contra as divindades.

Muito do lore do título é mostrado por meio de quebra-cabeças espalhados pelos cenários — uma excelente maneira de estimular o jogador a explorar cada cantinho dos ambientes. O Alpha é curto e vale muito a pena.


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes