“Erro 404 do Bem” usa páginas com falhas para ajudar projetos beneficentes


Você provavelmente já deve ter caído em algum site que não retorna a comunicação, o famoso “Erro 404”. André Micelli, professor e coordenador do MBA em Marketing Digital da Fundação Getúlio Vargas, teve a ideia de aproveitar essa audiência desperdiçada para outros fins. O projeto “Erro 404 do Bem” vem para encaminhar quem caiu nesses sites a outros endereços.

“O objetivo é tornar úteis essas páginas de erro, é oferecer um significado e uma funcionalidade a elas. Organizações de todos os tipos poderão participar, mas nessa primeira fase cadastramos diversas ONGs que localizam pessoas desaparecidas. Quando o erro 404 aparece, ele redireciona para um site, que é o 404 do Bem, e a página apresenta a foto de algum desaparecido, indicado pelas ONGs cadastradas”, explica Micelli.

A ideia é ampliar a atuação para outras causas de responsabilidade social. Se você quer registrar sua instituição — em propostas beneficentes para combater a pobreza, fomentar a educação e a arte, entre outras — é só preencher o formulário no site. É possível também doar domínios, que então passam a abrigar anúncios, revertidos também em forma de algum auxílio para quem precisa. A inscrição é realizada da mesma forma.

Cupons de desconto TecMundo:


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes