Desenvolvedores chineses acusam Apple de prática de truste na App Store


A Apple pode estar prestes enfrentar problemas com o governo chinês. Um grupo com 28 desenvolvedoras de software assinou e enviou uma reclamação aos órgãos antitruste da China denunciando as práticas consideradas abusivas da Maçã em relação aos desenvolvedores, que não têm outra opção se não concordar com o que é decidido pela controladora da App Store.

O teor da denúncia de truste é basicamente que a Apple utiliza sua posição de vantagem para esnobar desenvolvedores cobrando altas taxas de publicação dos softwares na sua loja de apps do iOS e removendo itens do catálogo sem nenhuma explicação aos criadores.

Os advogados responsáveis dizem que a Apple despublica apps da sua loja sem avisar aos desenvolvedores e sem dar explicações claras sobre o que de fato aconteceu. Assim, eles não sabem que regra foi quebrada ou se foi apenas algum erro da própria Maçã na análise do conteúdo.

O que pode acontecer

Não foram reveladas informações mais detalhadas a respeito do processo, mas uma reclamação formal como essa aos órgãos antitruste pode render muitos problemas para a Apple na China. O governo tem políticas bem rígidas para empresas estrangeiras e não pensa duas vezes antes de bloquear acesso de serviços na internet local.

Contudo, não há detalhes sobre o que pedem as desenvolvedoras que assinaram a denúncia nem acerca das possíveis penas que a Maçã pode sofrer no país asiático.


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes