Apple é multada por atualização que inutilizava aparelhos da companhia

Em Tecnologia


Apple foi multada em US$ 6,6 milhões após ser processada com sucesso pela Comissão Australiana de Competição e dos Consumidores (ACCC). O caso tem relação com o “erro 53” do iPhone e do iPad, noticiado no ano passado.

Usuários de aparelhos móveis da Apple disseram ter recebido a mensagem de erro após baixarem uma atualização para o iOS. O download inutilizava completamente dispositivos que tivessem passado por reparos sem a autorização da empresa, mesmo que esse conserto envolvesse apenas a troca de uma tela quebrada, por exemplo.

Para a comissão, essa medida ia contra as leis de proteção aos consumidores do país, que garante o direito de fazer um reparo nos seus próprios aparelhos. Ainda de acordo com a comissão, pelo menos 275 pessoas entraram em contato com a Apple para tentar resolver o problema e foram informadas que não teriam direito a um conserto porque fizeram reparos sem autorização.

Para a comissão, essa medida ia contra as leis de proteção aos consumidores do país.

Após ser notificada de que estava sob investigação da comissão, a Apple implementou um programa com o objetivo de compensar todas as pessoas afetadas. Segundo a empresa, esse número foi de aproximadamente 5 mil consumidores. A companhia admitiu ter feito comentários e declarações falsas para essas pessoas, dizendo que elas não teriam direito aos reparos.

Em uma declaração, a Apple afirmou que não vai se envolver nesse tipo de conduta novamente. A empresa lembrou que opera há 35 anos no país e vai “continuar a fazer o possível para entregar serviços de excelência para todos os consumidores na Austrália”.

Cupons de desconto TecMundo:


Fonte da notícia

Comentários
Posts Recentes